terça-feira, 4 de agosto de 2009

Era uma vez uma princesa...

Tinham-se há muito apagado as feridas da Guerra da Sucessão de Espanha e as relações entre os Reis de Portugal e de Espanha procuravam apaziguamento para a Península Ibérica. Desde 1719 que se procurava, em benefício comum, estreitar os laços provenientes da vizinhança, guardando Portugal a sua concessão própria, mas sem hostilizar a supremacia Castelhana. Esta aproximação foi possível quando em 1725 a diplomacia espanhola viu em D. José, principe do Brasil, filho de D. João V,o noivo ideal para a infanta Maria Anna Vitória, filha de Filipe V de Espanha e este interesse se transformou num consórcio duplo com a oferta da mão da infanta D. Maria Bárbara a D. Fernando, Príncipe das Astúrias. Para a troca das princesas que teve lugar em Caia, a 19 de Janeiro de 1729. D. João V mandou edificar, em 1728, o Palácio das Passagens em Vendas Novas, onde pernoitaram a comitiva Portuguesa, na sua deslocação até Caia, que levava D. Maria Bárbara e comitiva espanhola, no regresso que vinha trazer D. Maria Anna Vitória.

Cá está o porquê do slogan "Era uma vez uma Princesa..."

Já o meu "Era uma vez uma Princesa..." esse tem uma história diferente porque a princesa sou eu!! :-)

3 comentários:

Angela disse...

Olá,

História interessante e que bom vc ser a princesa da sua história.
Bjs

Os Carreira Branca disse...

Olá

E com prazer que lhe venho aqui agradecer-lhe o comentário que fez no nosso blogue ;)

Muito obrigado da nossa parte

Prometemos que iremos colocar lá coisas novas...visto que temos tido alguns comentários novos :D

Já agora...como chegou ao nosso blogue? Que é para saber onde apostar em termos de divulgação :P

Saudação e mais uma vez obrigado

Os Carreira Branca disse...

Obrigado cara amiga ;)

Sempre que puder passe por lá

Eu faço o mesmo aqui ao seu :P

Saudações